Terça-feira, 21 de Março de 2017

Formação Avançada "Questões Médico-Legais e Forenses na Prova Pericial: da Prática à Impugnação Judicial"

Iniciativa - Universidade Católica Portuguesa - Escola de Direito do Porto

1.4 a 3.6

Inscrição e informação:

https://portal.oa.pt/advogados/formacao/questoes-medico-legais-e-forenses-na-prova-pericial/

 

 

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:54

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Abril de 2016

Acórdão Relação do Porto - Parecer valor probatório

«I - Os documentos têm uma função representativa ou reconstitutiva do objecto, destinando-se a servir como meio de prova real de determinados factos.
II - Os pareceres representam, apenas, a opinião dos jurisconsultos ou técnicos que os subscrevem, sobre a solução de determinado problema, e destinam-se a elucidar o tribunal sobre o significado e alcance de factos de natureza técnica, cuja interpretação demanda conhecimentos especiais.
III - Se as opiniões dos técnicos forem expressas em diligência judicial, valem como meio de prova pericial; se forem expressas por via extrajudicial, valem como pareceres, representam apenas uma opinião sobre a situação e têm a autoridade que o seu autor lhes confere, isto é, são meros documentos particulares para efeitos probatórios.
IV – Os pareceres técnicos, não constituindo prova documental com força probatória plena, não permitem, por si só, alterar a decisão de facto da 1.ª instância, nos termos do artigo 662.º, n.º 1, do CPC»

Acórdão Integral:

http://www.dgsi.pt/jtrp.nsf/56a6e7121657f91e80257cda00381fdf/6ee3d1eab2a207f580257f990047f068?OpenDocument

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 18:11

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2016

Colóquio luso-brasileiro de direito processual civil

Iniciativa: Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra

24 e 25.2.2016

FCDC:

http://www.uc.pt/fduc/destaques/2016fev24

 

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:54

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2015

Conferência - Meios de Obtenção de Prova no Contexto Digital e na Internet

Iniciativa - Instituto dos Advogados em Prática Individual

17.12.2015 - 17h30 - Salão Nobre da Ordem dos Advogados - Lisboa

OA:
https://www.oa.pt/Conteudos/Artigos/detalhe_artigo.aspx?idc=31632&ida=144756

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 11:28

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Junho de 2015

a dificultar - providências cautelares

Iniciativa legislativa alegadamente apresenta novo critério - o juiz terá de formar a convicção de que esta tem probabilidade de ganhar.

In verbis

http://www.inverbis.pt/2015/politico/governo-dificultar-providencias-cautelares

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 00:10

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Março de 2015

Acórdão - STJ - Litigância de má - fé

«I - A litigância de má fé não se basta com a dedução de pretensão ou oposição sem fundamento, ou a afirmação de factos não verificados ou verificados de forma distinta.

II - Exige-se, ainda, que a parte tenha atuado com dolo ou com negligência grave, ou seja, sabendo da falta de fundamento da sua pretensão ou oposição, encontrando-se numa situação em que se lhe impunha que tivesse esse conhecimento.

III - Atuam como litigantes de má fé, os réus que, no articulado contestação, alegam uma realidade que se provou inexistir e cuja inexistência forçosamente conheciam, o que significa terem eles alterado a verdade dos factos a fim de deduzirem intencionalmente, portanto, com dolo, oposição, cuja falta de fundamento não podiam deixar de conhecer, assim integrando o estatuído nas als. a) e b) do n.º 2 do art. 456.º do CPC, na redação anterior, que corresponde ao atual art. 542.º do NCPC (2013).»

 

Acórdão STJ - 18.02.2015

http://www.dgsi.pt/jstj.nsf/954f0ce6ad9dd8b980256b5f003fa814/d6c397c787d2cf7f80257df0004d791a?OpenDocument

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 15:44

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015

Legislação em destaque - arrendamento -

Alteração no que respeita ao processo especial de despejo

PORTARIA N.º 30/2015 - DIÁRIO DA REPÚBLICA N.º 30/2015, SÉRIE I DE 2015-02-1266487459

Ministério da Justiça

Segunda alteração à Portaria n.º 9/2013, de 10 de janeiro, que regulamenta vários aspetos do Procedimento Especial de Despejo

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 19:11

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Novembro de 2014

“Depoimento de Parte versus Declarações de Parte – Valor Probatório” Palestra

Depoimento de Parte versus Declarações de Parte – Valor Probatório


Iniciativa -  IAJA – Instituto de Apoio aos Jovens Advogados

13 de Novembro - 18h30

Salão Nobre da OA -  Lisboa.


Oradores
Luís de Menezes Leitão
Nuno de Lemos Jorge

OA:

http://www.oa.pt/Conteudos/Artigos/detalhe_artigo.aspx?idc=31632&ida=136993

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 13:27

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Acórdão STJ - depoimento de parte - factos favoráveis - inversão de ónus da prova

«1. De acordo com o princípio da indivisibilidade da confissão a que alude o art. 360.º do CC, se uma declaração complexa feita em depoimento de parte, requerido pela contraparte, contiver afirmações de factos desfavoráveis ao depoente, mas também factos que lhe são favoráveis, a contraparte que se quiser aproveitar de tal confissão como meio de prova plena deve, de igual modo, aceitar a realidade dos factos que lhe são desfavoráveis. Tendo que produzir oportuna declaração em que se reserva o direito de provar o contrário dos factos que lhe são desfavoráveis. Adquirindo, então, a confissão dos factos favoráveis, mediante a prova contrária dos factos que lhe desfavoráveis, a eficácia de prova plena.
2. A indivisibilidade da confissão complexa tem, pois, como consequência a inversão do ónus da prova quanto à parte favorável ao confitente.
3. Não tendo a autora cumprido tal ónus, face à confissão complexa da ré, há que considerar também como verdadeiros os factos favoráveis ao confitente.
4. Deve entender-se que o silêncio da contraparte, face a uma confissão complexa (feita perante si), não tomando qualquer posição, leva a que a mesma (confissão) se torne eficaz (quer quanto aos factos favoráveis, quer quanto aos desfavoráveis).»

 

Acórdão integral STJ de 9.10.2014

http://www.dgsi.pt/jstj.nsf/954f0ce6ad9dd8b980256b5f003fa814/986436979b3b60ce80257d6d0030edb2?OpenDocument

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:28

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Maio de 2014

Acórdão STJ - Litigância de Má fé - Litigância Temerária

«I. A condenação como litigante de má fé, a titulo de negligência grave pode ocorrer, se se apurar que a parte litigou de forma temerária, deduzindo oposição cuja falta de fundamento não devia ignorar.


II. Tendo a sentença de primeira instância decidido pela absolvição da Ré como litigante de má fé, nas precisas circunstâncias em que tal condenação foi peticionada e apreciada, faz caso julgado material de harmonia com o preceituado no normativo inserto no artigo 621º do NCPCivil, o que significa que a segunda instância não poderá reapreciar aquela mesma questão, retomando o pedido formulado inicialmente pela Autora e respaldando-se nos fundamentos então invocados.

 

III. Ao decidir desta forma fê-lo em manifesta violação do princípio da reformatio in pejus, uma vez que a Autora não recorreu daquela sentença, nesta parte, que lhe foi desfavorável e em sede de contra alegações de recurso limitou-se a formular um pedido genérico de condenação da Ré como litigante de má fé porque recorreu sem fundamento, sendo certo que o Acórdão recorrido considera absolutamente legitimo o direito daquela a impugnar a decisão.

 

IV. Por outro lado nunca poderia a Ré ser condenada como litigante de má fé em indemnização, sem que esta tivesse sido peticionada, artigo 542º, nº1 do NCPCivil.»

 

Acórdão Integral do Supremo Tribunal de Justiça de 20.05.2014

http://www.dgsi.pt/jstj.nsf/954f0ce6ad9dd8b980256b5f003fa814/c593490aa5bb105d80257cde005321e3?OpenDocument

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:10

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Outubro de 2013

Brasil - Nova lei processual civil

Entre outras medidas, o novo código dá garantia de honorários a advogados públicos em caso de sucumbência; a contagem de prazos apenas é efectuada em dias úteis.

 

OAB - Conselho Federal:

http://www.oab.org.br/noticia/26248/novo-cpc-garante-honorarios-de-sucumbencia-para-advogados-publicos

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 11:48

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Setembro de 2013

Jornadas de Processo Civil - Lisboa - 20 - 21 de Setembro

Iniciativa - Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados e Associação Sindical de Juízes Portugueses

Aula Magna da Reitoria de Lisboa.
Entrada gratuita com inscrição prévia, 

 

Informações:

http://www.citius.mj.pt/Portal/article.aspx?ArticleId=1605

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 13:15

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Setembro de 2013

CPC - formação continua

Apesar da entrada em vigor a 1.9 - a formação de Juizes e Oficiais de Justiça ainda constinua.

 

In verbis:
http://www.inverbis.pt/2013/index.php?option=com_content&view=article&id=949:ncpc-entrou-vigor-formacao&catid=48:tribunais&Itemid=142

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 10:56

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 30 de Julho de 2013

Alterações ao Código de Processo Civil - Seminário - Lisboa

Alterações ao Código de Processo Civil
27 e 28 de setembro de 2013,

CES-Lisboa,

 

Informações:
http://www.ces.uc.pt/formacao/index.php?id=8054&id_lingua=1

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 11:41

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Junho de 2013

Novo Código do Processo Civil - publicação

A conclusão da reforma da Lei Processual Civil foi hoje publicada, um novo código com revogação de todos os anteriores regimes.

 

Lei n.º 41/2013. D.R. n.º 121, Série I de 2013-06-26

Assembleia da República

 

Aprova o Código de Processo Civil

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:19

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 21 de Maio de 2013

Jornadas de Processo Civil - Sintra

Iniciativa conjunta: Comarca da Grande Lisboa Noroeste, Conselho Distrital de Lisboa e delegação de Sintra da Ordem dos Advogados

23 e 30 de Maio

Entrada Livre

Palácio da Justiça - Sintra

 

Informações - CEJ:

http://www.cej.mj.pt/cej/home/fich-pdf/outras_inform/2013/Jornadas%20Processo%20Civil%20Sintra.jpg

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:12

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Maio de 2013

Tabela de correspondência - novo Código do Processo Civil

Após aprovação de proposta de lei e aguardando publicação a DGPJ disponibiliza tabela de correspodência entre o CPC em vigor e aquele a vigorar no futuro próximo.

 

DGPJ:

http://www.dgpj.mj.pt/sections/noticias/novo-codigo-de-processo

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:18

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Maio de 2013

Advogados Brasileiros e revisão do Código do Processo Civil

Tal como em Portugal a Ordem dos Advogados Brasileiros reflete sobre proposta de revisão das normas processuais civis.

Novos direitos para os advogados são criados.

 

OAB:

http://www.oab.org.br/noticia/25584/relatorio-do-novo-cpc-garante-conquistas-para-advocacia

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 11:57

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Maio de 2013

Acórdão STJ - Resolução de contrato de arrendamento, causa de pedir

"1. O âmbito do caso julgado está delimitado pela concreta situação que foi objecto de apreciação.

2. Julgada improcedente acção de despejo fundada na falta de pagamento de rendas relativas a um determinado período, por verificação da excepção de não cumprimento do contrato decorrente da falta de realização de obras de conservação a cargo do senhorio, não está impedida a propositura de nova acção, agora com invocação do encerramento do locado e ainda da falta de pagamento de rendas respeitantes a um período posterior, em simultâneo com a alegação de que o locatário vem impedindo a realização de vistoria necessária à realização das obras de conservação."

 

Acordão STJ - 18.04.2013

http://www.dgsi.pt/jstj.nsf/954f0ce6ad9dd8b980256b5f003fa814/62b868a178a9252e80257b5100450f1b?OpenDocument

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 14:50

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Março de 2013

Acórdão STJ - Arresto injustificado - direito a indemnização

«I. O direito de indemnização devida por providência cautelar de arresto injustificada previsto no art. 390º do C.P.C. tanto é devido se a oposição ao arresto for julgada procedente ou quando a decisão que decretou o mesmo arresto for revogada por recurso, como quando o direito acautelado na providência seja julgado inexistente na acção principal subsequente.»



Acórdão STJ - 26.02.2013

http://www.dgsi.pt/jstj.nsf/954f0ce6ad9dd8b980256b5f003fa814/9cfd273007d51e6980257b1f00501f6b?OpenDocument

publicado por Paulo Alexandre Rodrigues às 12:45

link do post | comentar | favorito
|
. HPL - Sociedade de Advogados, R.L. Maia - Vigo - Madrid

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
17
18
24
25
27
28
29
30

.posts recentes

. Formação Avançada "Questõ...

. Acórdão Relação do Porto ...

. Colóquio luso-brasileiro ...

. Conferência - Meios de Ob...

. a dificultar - providênci...

. Acórdão - STJ - Litigânci...

. Legislação em destaque - ...

. “Depoimento de Parte vers...

. Acórdão STJ - depoimento ...

. Acórdão STJ - Litigância ...

. Brasil - Nova lei process...

. Jornadas de Processo Civi...

. CPC - formação continua

. Alterações ao Código de P...

. Novo Código do Processo C...

.temas

. todas as tags

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.links

.visitas

.translate

.tempo

Forecast for Porto

.tiempo

Forecast for Vigo
Forecast for Madrid

.Portugal

.España

.alerta

Join the Mailing List
Enter your name and email address below:
Name:
Email:
Subscribe Unsubscribe